Home
 
 
 Paraty
 Passeios Culturais
 Ecologia
 Cultura e Tradições
 Comércio local
 Antes de viajar
 Serviços
 
CURIOSIDADES
 Paraty durante o período colonial chegou a ser o 2º maior porto do País em importância.
 Por um determinado período o ouro que saia de Minas Gerais para Portugal era escoado por Paraty, e por esse motivo Paraty ficou conhecida como "CAMINHO DO OURO" marítimo terrestre.
 Era nas cangalhas, que o ouro vindo de Minas Gerais para ser embarcado para Portugal era transportado. (CANGALHA: cestos que são amarrados nas costas dos burros um de cada lado)
 Santo do pau oco, era como se chamava as imagens talhadas em madeira cujo seu interior eram ocos, que muitas vezes era utilizada para transportar o ouro de Minas Gerais pela serra do facão até Paraty, evitando assim os ataques constantes dos saqueadores. Daí o dito "SANTO DO PAU OCO" (pessoa que se esconde atrás de uma falsa imagem)
 Paraty conserva ainda hoje uma influência muito forte da maçonaria nas construções locais, que pode ser facilmente observada, tanto nos alinhamentos dos prédios, como nos desenhos decorativos com elementos a que se atribui certos significados a esta entidade.
 Paraty durante a invasão do Rio de Janeiro por saqueadores piratas, foi a cidade que mais contribuiu no pagamento do resgate do Governador, esse pagamento foi feito em Açúcar, Ouro e Gado.
 Paraty esta ao nível do mar e por esse motivo, as ruas são invadidas pela maré mais alta e por isso Paraty, é conhecida como a VENEZA BRASILEIRA.
 Paraty é uma das poucas cidades que conservam sua arquitetura original ainda da época de sua construção.
 Que em para construção de seu conjunto arquitetônico, foi utilizada uma espécie de argamassa, composta de óleo de baleia e cascas de marisco moídos.
 As Igrejas de Paraty, foram construídas com pedras vindas de Portugal como lastros em navios e aqui, eram deixadas para que na viagem de volta, fossem carregados de ouro e outras especiarias brasileira.
 Quase 200, foi a quantidade de engenhos de aguardente que Paraty chegou a possuir e dos que resistiram, existem apenas cinco que mantém até hoje a antiga tradição de fermentar a garapa com pedras de cachoeiras, que após ser esquentadas em fogo, são jogadas dentro dos tonéis.
 Conhecida no mundo inteiro por sua qualidade e seu buquê inigualável, a "Pinga de Paraty já foi bebida em versos e prosas, podemos tomar como exemplo Carmem Miranda que cantou...  " Vestiu uma camisa listrada e saiu por ai em vez de toma chá com torrada bebeu Paraty.
Ainda hoje a "aguardente de cana" produzida em Paraty embala a boêmia e as noites da cidade... 
 
 
 
| Casa Paraty | Paraty Imoveis | Paraty Brasil | Paraty Web | Paraty Virtual | Imoveis Paraty | Pousada das Acacias |
| Ubatuba | Parque atlantico | Radio Gaivota | Ponto base |
 
 
 
Paraty Guia - Todos direitos reservasdos - Hotel Villa de Capri - Ubatuba - SP