Home
 
 
 Paraty
 Passeios Culturais
 Ecologia
 Cultura e Tradições
 Comércio local
 Antes de viajar
 Serviços
 
PESCA ARTESANAL
 
A pesca artesanal, muito pouco predatória do meio ambiente, pode ser feita de várias maneiras. Geralmente são utilizadas canoas, não sendo muitos os pescadores que possuem traineira própria.
 
A pesca artesanal, muito pouco predatória do meio ambiente, pode ser feita de várias maneiras. Geralmente são utilizadas canoas, não sendo muitos os pescadores que possuem traineira própria.
 
Pode se pescar sozinho, jogando uma rede pequena, pode se colocar armadilhas como os covos, pescar de anzol ou mesmo combinar vários destes métodos.
Já o arrastão, que é esperado na praia por mulheres e crianças momento importante no dia do pescador requer um grupo de 5 a 8 homens para o manejo da rede e a realização da operação toda.
 
Mas com as transformações por que passou o município, principalmente nos últimos 15 anos, muita coisa mudou nas formas de pescar e de viver do homem da região.
 
A abertura da rodovia Rio Santos (BR 101) valorizou rapidamente as terras, que tiveram seu acesso facilitado.

O grande potencial recreativo criou um movimento de expulsão dos habitantes originais em favor da compra das terras por gente mais rica vinda dos grandes centros urbanos ou por empresas interessadas na valorização imobiliária da região.

Houve então uma intensa proliferação de casas de veraneio e de condomínios fechados; os antigos habitantes deixaram suas terras de origem, onde viviam segundo uma tradição secular, e instalaram se nos núcleos urbanos mais próximos, atraídos pela ilusão do progresso e do conforto da cidade.
 
Nesse processo, aumentou o número de pescadores que trabalham embarcados em traineiras pertencentes a companhias de pesca, integrando se assim à pesca de porte industrial, com características altamente predatórias. Aqui o pescador, trabalhando para o dono da traineira, não domina mais todas as etapas do seu trabalho, como na pesca artesanal.
Também o equilíbrio entre o homem e o meio ambiente é alterado, o que ameaça inclusive a sobrevivência daqueles que ainda desenvolvem a pesca artesanal.
As leis da natureza não são respeitadas pela pesca industrial que compromete a psicosidade da região, pois as "redes de arrasto' puxadas pelas traineiras pegam não só os espécimes adultos, mas também as crias e as fêmeas ovadas.
 
Em seu ambiente de origem, o homem pescava, plantava e produzia a quase totalidade dos instrumentos de que necessitava no seu trabalho e em casa.

Hoje em dia, o pesca dor que saiu de sua terra e veio para a cidade, incorporando novos hábitos e alterando sua forma de vida, recorre com mais frequência aos objetos industrializados.

O artesanato que ainda executa adquiriu também um valor típico de expressão de sua cultura tradicional.

 
 
 Veja também
Tramas e Tranças
Casa da Farinha
Trabalhos em Madeira
Pesca
Tecido
Artesanato Indígena
Mascaras de Papel
 
| Casa Paraty | Paraty Imoveis | Paraty Brasil | Paraty Web | Paraty Virtual | Imoveis Paraty | Pousada das Acacias |
| Ubatuba | Parque atlantico | Radio Gaivota | Ponto base |
 
 
 
Paraty Guia - Todos direitos reservasdos - Hotel Villa de Capri - Ubatuba - SP